Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Carreta invadiu pista contraria e motorista morreu prensado

Postado em 19 de fevereiro de 2022 por

Compartilhar agora.

O perito criminal da Perícia Oficial e Identificação Técnica, Rodrigo Bertoti Casonatto, apontou, há pouco, ao Só Notícias, que preliminarmente foi possível analisar que a Volvo FH 440 teria invadido a faixa contrária, ocasionando a colisão com a outra carreta (marca e modelo não confirmados), na BR-163, na divisa entre os municípios de Terra Nova do Norte e Nova Santa Helena (cerca de 150 quilômetros de Sinop). O acidente foi ontem à tarde, e Roberto Antônio Chagas, de 70 anos, morreu. Ele conduzia um dos veículos.

O homem ficou preso às ferragens e o Corpo de Bombeiros de Colíder fez o desencarceramento. Ele seguia no veículo que teve a faixa invadida, juntamente com sua mulher, que foi socorrida e encaminhada ao hospital de Colíder. Na Volvo, o motorista saiu ileso, enquanto sua mulher teve ferimentos e foi levada à unidade médica. Não há detalhes sobre os atuais estados de saúde. Segundo o perito, preliminarmente verificou-se que todos os envolvidos estavam sem cinto de segurança.

Ainda de acordo de Casonatto, o condutor da Volvo (formada por um caminhão trator, dois semirreboques e uma dolly), seguia no sentido Terra Nova Santa Helena. “Ali na serrinha, duas curvas antes, começa ter uma rampa bem íngreme, em torno de 6 a 10% de inclinação, e declive. Esse fator ainda atrelado com a pista molhada. Além disso, o veículo estava com os dois semirreboques vazios”, explicou.

Neste trecho da rodovia, há três faixas, sendo uma decrescente em declive e duas no sentido crescente (Norte) em aclive (com subida). “Analisamos que ele entrou na descida em torno de 85 a 90 quilômetros por hora e fez um L, por isso que a gente também apreendeu (o veículo), vamos avaliar o sistema de freio, não sabemos se estava tudo certo ou não”.

O veículo seguiu em L por 265 metros. “Invadiu a faixa oposta. Nisso o outro veículo (que é combinação de caminhão trator e dois semirreboques, sem dolly e carregado com soja) estava na faixa rápida, da esquerda, e tentou tirar para a direita, para a faixa lenta, mas acabou batendo o caminhão trator no primeiro semirreboque da Volvo, na parte final, junto com a dolly. Pegou bem em cheio a parte do motorista”, acrescentou.

O perito ainda apontou a dificuldade no atendimento do acidente. “Precisei usar uma viatura da Polícia Civil, porque a da Politec está em revisão, não tínhamos viatura, aí demorou ainda mais o atendimento”. A liberação da rodovia aconteceu volta de 1h da manhã.

O corpo de Roberto foi levado ao Instituto Médico Legal para exames de necropsia. Ainda não há definição sobre horários e locais de velório e sepultamento. A família ainda está definindo se o corpo será transladado para o Pará ou Minas Gerais.

Hits: 28

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.