Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Nova Bandeirantes: mais de 2 mortos

Postado em 21 de junho de 2021 por

Compartilhar agora.

Um novo confronto entre agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e da Força Tática e assaltantes de banco, nesta segunda-feira (21), em Nova Bandeirantes (MT), deixou dois mortos. De acordo com o Bope, os ladrões estavam na mata e reagiram. 

As buscas pelos criminosos já dura mais de duas semanas. A estimativa é de que cerca de 20 pessoas participaram do assalto e fizeram mais de 30 pessoas reféns. Os criminosos estavam armados e usavam roupas camufladas.

No dia 10, houve o primeiro confronto durante as buscas e quatro suspeitos do assalto a duas agências bancárias, em Nova Bandeirantes (MT), morreram em confronto com a polícia

A perícia apontou que os mortos no primeiro confronto são: Maciel Gomes de Oliveira, de 37 anos, Luiz Miguel Melek, de 40 anos, Romário Batista de Oliveiram de 35 anos, e Waldeir Porto Costa, de 28 anos.

A Polícia Civil informou que Maciel era de Pernambuco, mas estava morando em Sinop, no norte de Mato Grosso. Ele tinha antecedentes criminais por furto, roubo, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. O suspeito chegou a ser preso por tráfico dias antes do assalto, mas foi solto na audiência de custódia.

Waldeir também tinha passagens pela polícia. Ele era do Pará, mas havia se mudado para Mato Grosso há algum tempo e estava morando em Alta Floresta. Os investigadores descobriram que ele usava identidade falsa com o nome de ‘Rodrigo Mota’.

Os policiais também identificaram que o suspeito Romário também tinha passagens por furto e roubo no Piauí. Já Luiz Miguel não tinha passagem pela polícia. Apesar disso, segundo a polícia, todos os mortos no confronto tinham uma relação de amizade.

A quadrilha se escondeu em uma região de mata de Nova Bandeirantes.

Com eles, a Polícia Militar recuperou R$ 164.731,25 do dinheiro roubado das cooperativas de crédito Sicredi e Sicoob, alvos dos ataques no dia 4 de junho, e apreendeu roupas militares e armas usadas pelos suspeitos.

De acordo com a PM, durante o assalto que ganhou repercussão nacional, mais de 30 pessoas foram feitas reféns por 10 homens armados que estavam usando roupas camufladas.

Hits: 101

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.