Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Alta Floresta: Sema apreende 450 kg de pescado irregular nas proximidades do Parque do Cristalino

Postado em 19 de fevereiro de 2021 por

Compartilhar agora.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreendeu 450 kg de pescado irregular, um veículo S10, e um suspeito foi detido na manhã de ontem quinta-feira (18.02), nas proximidades do Parque Estadual do Cristalino, em Alta Floresta.

A operação foi conduzida pela Diretoria de Unidade Desconcentrada de Alta Floresta da Sema-MT, com apoio da Força Tática da Polícia Militar de Alta Floresta e do Município. O suspeito detido em flagrante apresentou a carteira de pesca profissional vencida, e as declarações de pescado individual em branco. 

A abordagem foi feita na MT-325, nas proximidades da Unidade de Conservação. O pescado estava sendo transportado em cinco caixas de isopor, em quantidade superior ao permitido, com diversas espécies, entre elas Pacu, Bicuda, Matrinxã e Trairão.

Conforme o diretor da Unidade Desconcentrada, Vinicius Salles Padovan Rezek, as ações de fiscalização são frequentes para coibir práticas de pesca predatória ilegal, pricipalmente dentro da Unidade de Conservação, onde a pesca é permanentemente proibida. 

Unidades de Conservação 

Nas Unidades de Conservação a proibição da pesca é permanente, em qualquer época do ano. O Parque Estadual do Cristalino é uma unidade de Proteção Integral (PI) rico em belezas naturais, abriga os rios Inhandu e o Cristalino, que formam o ‘Olho da Xuxa”.

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca predatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281- 4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

Hits: 11

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.