Ouça agora na Rádio

Ouça agora

Mutirão de Limpeza do Rio Teles Pires dá exemplo de cuidado com o meio ambiente

Postado em 16 de fevereiro de 2021 por

Compartilhar agora.
Mutirão de Limpeza do Rio Teles Pires dá exemplo de cuidado com o meio ambiente

Terminou neste domingo (14) a 10ª edição do Mutirão de Limpeza do Rio Teles Pires, um dos maiores eventos de preservação ambiental do Brasil. De acordo com os organizadores foram retiradas aproximadamente 80 toneladas de lixo, sendo a metade em Alta Floresta e o restante, cerca de 40 toneladas, nos municípios de Paranaíta e Carlinda. Todo o lixo retirado do rio foi destinado para a reciclagem.

Este o mutirão retirou lixo em um trecho de aproximadamente 200 quilômetros de extensão em três etapas. Na primeira etapa as equipes navegaram por aproximadamente 40 quilômetros entre a balsa da Quarta Oeste e a Balsa da Quarta Leste, em Alta Floresta.

Já na segunda etapa as embarcações recolheram o lixo em um percurso compreendido entre balsa da Quarta Oeste passando pela balsa do cajueiro e chegando ao alagado da Usina Hidrelétrica Teles Pires.

Na terceira etapa o percurso navegado pelos voluntários foi entre a ponte do Rio Teles Pires, na divisa dos municípios de Carlinda e Nova Canaã do Norte, até o Porto de Areia, em Alta Floresta.

O Mutirão de Limpeza do Rio Teles Pires começou tímido há dez anos, com poucos participantes, mas hoje conta com um grande número de voluntários, apoio da imprensa, do comércio e de autoridades políticas, e se tornou evento de caráter tradicional, ambiental, cultural e popular do calendário oficial de datas e eventos do município de Alta Floresta, conforme a Lei Municipal 2.533/2019. O objetivo do evento é garantir a preservação do maior rio da região e conscientizar a população para este cuidado.

João Lopes de Araújo, popular Bisteca, idealizador do evento e morador ribeirinho do Porto de Areia há 33 anos, cobra da população o cuidado com o rio. “Esse ano foi a mesma coisa do ano passado, deu um raio de lixo de novo, não diminuiu, então, o lixo continua a mesma coisa (SIC). Os donos de ilhas teriam que levar o lixo”, sugere.

Lenilton Pereira da Silva, popular Coco, também cobra conscientização. “Acho que eles deveriam pegar o lixo e jogar no lixão não trazer para o rio”, disse.

O Capitão dos Portos de Mato Grosso, Capitão de Fragatas Alessandro Lopes Fajard Oliveira, parabenizou o evento por ter como principal objetivo conscientizar sobre a importância da destinação correta do lixo. “A Marinha do Brasil acredita na importância de um evento como esse, visto que ele tem como propósito principal a conscientização para que o lixo efetivamente seja destinado de forma correta e os nossos rios e lagos não sejam a destinação final desses itens que devem ser destinados corretamente, e a importância do mutirão é para mostrar e tentar conscientizar a população dessa importância”, avaliou.

Gercilene Meira Leite, secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento de Alta Floresta, destacou as parcerias e o serviço voluntário para a realização do evento, e considerou o mutirão importante para a preservação do Teles Pires, mas analisou como primordial a sensibilização das pessoas.

“O que é primordial que a gente vê é pedir a sensibilização das pessoas que utilizam o nosso Teles Pires para que não tragam esse tipo de lixo, de resíduo, porque a gente faz esse mutirão uma vez por ano”, frisou ao recomendar que as pessoas destinem o lixo para o local adequado. “A gente pede para as pessoas preservar as nossas águas, isso aqui é um bem público e coletivo e a gente tem que preservar para as futuras gerações”, alertou.

Vereador Oslen Dias dos Santos, popular Tuti, presidente da Câmara Municipal e voluntario idealizador do evento, lamentou a quantidade expressiva de lixo retirado do rio. “É impressionante ainda a quantidade de lixo que a gente está tirando, se for somar esses 10 anos vai passar de 900 toneladas de lixo, só hoje vai dar praticamente umas 80 toneladas. A gente percebe que em alguns lugares diminuiu muito, alguns não tinha lixo, outros ainda tem, vamos continuar, não vamos desistir até que a gente consiga realmente deixar esse Teles Pires limpo para os nossos netos, nossos filhos, nossos amigos, pra todos nós, o Teles Pires é uma benção que Deus deu pra nós”, frisou.

O prefeito de Alta Floresta, Valdemar Gamba, disse que Alta Floresta dá exemplo de cuidado com o meio ambiente ao realizar um evento tão importante para a preservação do maior rio da região. “Mostra que existe pessoas preocupadas com o meio ambiente, a nossa região é uma região turística muito boa, então, com esse recolhimento a gente conscientiza a população para não jogar lixo, é uma maneira de mostrar que manter o rio limpo, a cidade limpa, é muito importante para atrair os turistas para a nossa região”, disse o prefeito.

O senador Carlos Fávaro ficou encantado com a grandeza do evento e parabenizou o mutirão. “Esse movimento lindo de preservar o meio ambiente, de conscientizar, de mostrar que Alta Floresta sabe respeitar o meio ambiente, por isso, fiz questão de estar presente nesse evento para mostrar que devemos fazer isso por todo o Estado de Mato Grosso, em todos os municípios. Ao fazer essa limpeza há 10 anos você está deixando o meio ambiente preparado para o futuro, então, parabéns a todos os voluntários que se dedicam. Fiquei muito feliz e vou estar, na medida do possível, incentivando e ajudando da forma que for necessário para que isso continue por mais 10, por mais 20 anos”, disse.

Deputado federal Neri Geller também destacou a importância da preservação do rio Teles Pires. “Isso é importante para mostrar para a sociedade o quanto é importante a preservação, é importante agente cuidar do meio ambiente e ações como essa ajudam e ensinam até a não deixar esse lixo nos grandes mananciais de água”, observou.

Deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, disse que o exemplo deixado por Alta Floresta serve para o Brasil e para o mundo. “Há vários anos nós colaboramos para que esse evento seja realizado, quero parabenizar todos os pescadores que veem a importância de preservar a natureza e preservar os nossos rios e aqui é um exemplo. Então, está de parabéns e nós queremos poder fazer com que nessa beira do rio possa ser feito um trabalho de educação ambiental, com uma área de lazer para a população de Alta Floresta curtir a natureza aos finais de semana”, disse.

Também marcaram presença no evento os vereadores Marcos Roberto Menin (MDB), Douglas Teixeira (PSC), Leonice Klaus (PDT), Luciano Silva (Pode), Francisco Ailton (Republicanos), o prefeito de Nova Monte Verde, Edemilson Marino (PPS), o secretário de infraestrutura de Alta Floresta, Roberto Patel, a vice-prefeita de Alta Floresta, Roseli Rampazio, e Franck Rogieri, presidente do Sindicato das Indústria Madeira do Extremo Norte de Mato Grosso (Simenorte).

Hits: 2

Deixe um comentario

Estamos felizes por você ter optado por deixar um comentário. Lembre-se de que os comentários são moderados de acordo com nossa política de comentários.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.