Ouça agora na Rádio

N Notícia

Em palestra na Seplag, especialista destaca desafios gerados pela revolução digital

FOTO: Carolina Greiwe / Ascom Seplag

Em palestra na Seplag, especialista destaca desafios gerados pela revolução digital

Os efeitos adversos da digitalização foram abordados na tarde desta terça-feira (26/11) pelo cientista e pesquisador alemão Roland W. Scholz, em palestra no auditório da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), no Centro Administrativo do Estado, na capital. Aos cerca de 80 servidores de diversos órgãos e secretarias do governo presentes no encontro, Scholz trabalhou os desafios do combate à corrupção em um mundo transformado pela revolução digital.

A titular da Seplag, Leany Lemos, participou da abertura. "É sempre importante pensarmos no uso da tecnologia como forma de buscar melhorias na gestão. Mais agilidade aos processos serão revertidos em aprimoramento dos serviços públicos prestados à população e este é o nosso grande objetivo. Estamos muito contentes com a presença do professor hoje aqui na Seplag, especialmente para falar a uma plateia formada por servidores", destacou Leany. A realização da palestra é fruto da parceria entre a Seplag e a PUCRS, onde Scholz atua como professor convidado.

Com formação em matemática, psicologia social e psicologia cognitiva, Scholz é autor de mais de 500 publicações, entre livros e artigos científicos, e um dos formuladores do conceito de transdisciplinaridade, que compreende o conhecimento de uma forma plural e busca promover a interação da ciência com setores não acadêmicos para a resolução de problemas sociais.

Cientista especializado em ambientes digitais sustentáveis e professor titular da Danube University Krems, na Áustria, o pesquisador destacou na palestra a complexidade do atual momento, que representa um desafio maior do que o vivido com a Revolução Industrial.

As transformações de agora, ressaltou Scholz, ultrapassam apenas a substituição do trabalho de esforço físico e estão ocorrendo sem uma atenção especial aos problemas que podem surgir oriundos desse processo.

"Tivemos a tendência de olhar apenas para o lado bom da digitalização, mas, ao mesmo tempo, é preciso prestar atenção no que não é só luz. Os grandes problemas neste processo de transição emergem do conhecimento insuficiente dos dados produzidos", afirmou.

Texto: Vagner Benites/Ascom Seplag
Edição: Secom

FONTE: https://estado.rs.gov.br/ultimas-noticias
Link Notícia

Leia também